Você tem fome de quê?
12/08/2016
Quando Nietzsche chorou
14/08/2016
Mostrar todos

Não espere pelo epitáfio

Não Espero pelo Epitáfio é uma obra que busca dar cor a nossa vida para que ela se realize aqui e não almeje o sonho ou a metafísica.
Torna-se cada vez mais iminente a necessidade de pensar o novo e mais do que isso, de pensar de uma nova forma o mundo que se apresente a cada dia, um.
Imagem 01

Premissas

Este livro tem como premissa nos ajudar em algo que parece óbvio, mas muitas vezes, sem que percebamos, ficamos parados no mesmo lugar. Ele provoca a curiosidade e aborda questionamentos comuns ao humano contemporâneo.

Estimulo

Construído com pensamentos filosóficos sobre temas presentes no cotidiano da vida, este livro estimula os sentidos e induz à tomada de atitude positiva no desejo de se encontrar a cada dia.
Quantas coisas nós deixamos de fazer porque julgamos não termos tempo, porque não é de nosso interesse, ou simplesmente porque não nos diz respeito?

Estrutura do livro

O livro está dividido em pequenos capítulos em que o autor mescla conhecimentos filosóficos gregos, italianos, orientais, passagens bíblicas, literatura e música popular entre outras e diversas fontes, sinalizando que podemos pensar a partir de diversas perspectivas e tudo serve de ponto de partida para o aprendizado.

Reflexão

Tudo de uma forma leve e descontraída, que deixa o leitor à vontade e intrigado para perguntar a si mesmo sobre vários aspectos da vida.
Como não poderia ser diferente, Mario Sergio Cortella conduz seus textos de forma impecável e em vários momentos com uma certa dose de bom humor e quase sempre carregadas de referências filosóficas que nos ajudam a pensar.
Não Espere pelo Epitáfio, com diversos e breves capítulos, o livro faz uma série de reflexões em relação a vida e como ela se mostra no mundo contemporâneo, levando sempre em conta uma ideia de que é preciso, de nossa parte, alguma intervenção, ação ou proatividade para que tudo saia do campo do “mesmo” para o mundo da mudança.

Temas

Em alguns textos nos deparamos com temas corporativos ou educacionais. E mesmo estes, que são assuntos teoricamente complexos, o autor consegue manter sua mesma linha narrativa um tanto característica: a linguagem acessível.
As premissas do autor são que as respostas se encontram dentro de cada indivíduo, toda sabedoria e poder está latente. Além disso, as grandes ferramentas para acessar o poder e a sabedoria são o autoconhecimento e o questionamento.

Primeiro capítulo

O primeiro capítulo é o que dá nome ao livro: Não espere pelo epitáfio. Esclarecendo a palavra, epitáfio são as palavras gravadas na lápide do túmulo. Muitas vezes, palavras de pesar sobre o que poderia ter sido ou feito em vida, porém, por medo ou diversos motivos não foram realizados.
Imagem 02

A vida que buscamos

Em diversos momentos da vida, chegamos a um ponto em que precisamos marcadamente tomar uma decisão e, politicamente, escolher o que queremos e a vida que buscamos. Todas essas decisões partem da posição básica de alinharmo-nos a pensamentos sobre vida e morte, política e religião, amizade e amor. O que escolhemos é, no fim das contas, o que determina nossa ética e nossa trajetória.
Cortella traz uma interpretação do caminho do meio, termo cunhado no budismo, que no sentido original dos ensinamentos está longe de ser omisso diante da vida, e sim consciente de todas as escolhas, mais ou menos radicais. No fundo, traduz de forma diferente a essência.

Desejo comprar este livro – amazon.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *