Os olhos de uma criança
18/08/2016
a criança interior
A Criança Interior
13/09/2016
Mostrar todos

Empatia

Empatia é uma palavra de origem grega empatheia, que significava “paixão”, ela pressupõe uma comunicação afetiva com outra pessoa e é um dos fundamentos da identificação e compreensão psicológica com os outros indivíduos, correspondendo a ter aceitação por algo ou pelos outros.

Empatia não é uma emoção, portanto, não se pode “sentir empatia”

Empatia 1
Ser empático é ser uma pessoa aberta a se relacionar com outras pessoas, é estar disposto a se comunicar bem com amigos, parceiros amorosos e até com os demais funcionários de sua empresa, mantendo um clima sadio.
Cultivar esse comportamento ao nosso redor é fundamental para nutrir relações agradáveis e criar ambientes harmoniosos.

Você julga os outros?

Para estabelecer novos e bons contatos, por exemplo, precisamos jogar fora pensamentos pré-construídos sobre o jeito de ser do outro.
É incrível a facilidade com que julgamos os outros.
Como disse Jesus, vemos o cisco no olho do próximo, mas não enxergamos a trave em nosso olho…
Você já ouviu isso em algum lugar? É uma advertência clara de que toda má ação que você comete gera prejuízo para você mesmo, porque quando você julga o outro você mede a si mesmo.

Construímos a imagem dos outros

Geralmente, quando criamos uma imagem de alguém, sem procurar conhecer a pessoa previamente, corremos o risco de cometer equívocos e julgamentos indevidos. Acreditar em opiniões pré-concebidas faz com que nossos relacionamentos sejam baseados na desconfiança.

Praticar a empatia

Empatia 2
Ao praticar a empatia, estamos nos abrindo a ouvir e a conhecer de verdade as pessoas ao nosso redor. Assim, temos a oportunidade de descobrir que, mesmo que tenham comportamentos e pensamentos muito diferentes dos nossos, é possível encontrar uma harmonia na interação. Desenvolver essas habilidades perceptivas sobre o outro faz com que sejam criadas relações muito mais sinceras, prósperas e de confiança.
A empatia te leva a um maior sucesso profissional e pessoal, além de torná-lo mais feliz se você a pratica.

Não confunda empatia com simpatia.

Empatia significa você fazer uma conexão emocional com alguém, enquanto a simpatia está diretamente ligada a maneira como você trata uma pessoa com naturalidade.
Ser empático é não julgar as outras pessoas, é colocar-se no lugar do outro ao invés de apontá-lo o dedo.
No geral, pessoas empáticas são menos preconceituosas. Aceitam os outros como eles são.

Praticando a empatia você

– Poderá entender melhor as necessidades das pessoas ao seu redor;
– Irá melhorar a percepção que cria nos outros através de suas palavras e ações;
– Irá reduzir os conflitos interpessoais que existem no trabalho e em casa;
– Será capaz de prever com maior precisão as ações e reações de quem interage com você;
– Poderá motivar as pessoas ao seu redor;
– Poderá convencer de forma mais eficaz as pessoas a respeito de seu ponto de vista;
– Poderá lidar melhor com a negatividade dos outros e entenderá suas motivações e medos;
– Será um amigo melhor.

Ouça atentamente o que as pessoas têm a dizer.

Considere quais experiências de vida ou de trabalho o levaram àquela visão de mundo. A partir destas ações será muito mais fácil colocar-se no lugar do outro.

Isso parece tudo muito óbvio, mas a partir do momento que você começa a praticar a empatia, verá rapidamente os benefícios provocados por ela.
Aumente seu poder de empatia e torne-se uma pessoa melhor.

J. Pedro Parisotto Jr.

J. Pedro Parisotto Jr.

Estudante do último ano de Psicanálise Clínica
J. Pedro Parisotto Jr.

Últimos posts por J. Pedro Parisotto Jr. (exibir todos)

J. Pedro Parisotto Jr.
J. Pedro Parisotto Jr.
Estudante do último ano de Psicanálise Clínica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *